A-Janela-Capa-Ebook-ok

A Janela

Descrição do produto

Ficha técnica

Autor: Suzana Guimarães Farias

Gênero: Literatura

Lançamento: Dez/2018

Páginas: 65

Tamanho: 2 Mb

ISBN: 978-85-94272-09-6

ASIN: B07L52T8HB

Uma professora universitária de matemática que foi parar no mundo da literatura. Esse foi o caminho traçado por Suzana Guimarães Farias e sua paixão pelas palavras já lhe renderam prêmios até da Academia Brasileira de Letras! Seu mais novo livro, A Janela, disponível na Amazon no formato e-book e o livro impresso pode ser adquirido diretamente com a autora.

Prefácio de Mario Helio

Suzana Guimarães deu ao seu novo livro o título de A janela. Talvez porque os antigos costumaram associar a janela aos olhos, ela terminou por ser um dos símbolos da consciência. Mas, mesmo sem recorrer muito à transcendência, sabe-se que a janela estabelece fronteiras muito interessantes entre o fechado e o aberto, o dentro e o fora, o objetivo e o subjetivo. Nos textos deste livro, a vivência interiorizada, mesmo quando se referem a coisas externas, termina por predominar.

Isso sempre possível da prosa com o lugar-comum, nem sempre isto significando o mais comum dos lugares. Se alguém por um gosto muito particular por uma leitura junguiana da literatura quiser encontrar na rosa um arquétipo de todas as flores, será talvez desmentido por Gertrude Stein que, como sua companheira Alice B. Toklas bem sabia, tinha lá seus espinhos. No entanto, a Rosa que prefere Suzana Guimarães, a rosa por excelência, não é a tautologia da grande modernista estadunidense, e sim a muito mais simples, que evoca, citando Eça de Queirós: “Estamos no mês de Maio – e convém falar de rosas.”

Convém falar também de outras flores neste livro. A começar daquelas que ela dedica muito filialmente a Francisco, e o faz com um lirismo leve que é talvez a característica mais cristalina de todos os seus textos.

Leia também

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A Janela”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *